O programa trabalha com a vivência dos 7 hábitos e a quebra de paradigmas, cujos resultados se relacionam diretamente com os 5 domínios das competências socioemocionais: Consciência, estabilidade emocional, abertura a novas experiências, amabilidade e extroversão.

 

O Líder em Mim enxerga capacidades em todas as crianças e vê em cada uma delas um líder em potencial, em vez de enquadrar os alunos da escola utilizando uma comparação padronizada na qual poucas crianças são consideradas brilhantes, outras poucas estão no extremo oposto, e a maioria é mediana.

Os 7 Hábitos criam uma linguagem comum. Quando os envolvidos – professores, demais funcionários, alunos e pais – começam a usar uma mesma linguagem, ocorre uma melhoria na comunicação. Por exemplo, faz uma enorme diferença quando todos entendem o que significa “fazer primeiro o mais importante”, ou “procurar primeiro compreender”, ou “ser proativo.” Escolas que adotam o modelo de liderança “O Líder em Mim” frequentemente descobrem que os alunos passam a usar essa linguagem não só em sala de aula, mas também entre eles e com seus pais: “Preciso fazer primeiro o mais importante: minha lição de casa, antes de brincar”; “Devo pensar ganha-ganha”; ou “Pai, você está sendo reativo.?

Implementação

O programa começa com um treinamento para professores e demais integrantes da equipe escolar em 24 horas distribuídos em 3 dias consecutivos de 8 horas. O treinamento proporciona a imersão dos participantes em cada um dos 7 Hábitos e ensina como implementar o programa na escola.

Diretores, coordenadores, professores e demais funcionários não podem esperar mudanças significativas nos alunos até que eles próprios se transformem, assimilando os preceitos do Programa e, efetivamente, melhorem o clima socioemocional da escola. Só depois é possível contagiar os alunos, para que despertem o desejo de serem líderes e busquem excelência em tudo o que fazem. Como disse o grande educador Roland S. Barth, “A natureza dos relacionamentos entre os adultos que habitam a escola está mais relacionado à qualidade e o caráter da escola, e com as realizações de seus alunos, do que qualquer outro fator”.

Após a implementação do Programa, a escola elege de 6 a 9 pessoas que comporão a Equipe Farol – grupo de educadores e gestores, que será responsável por acompanhar o desenvolvimento do O Líder em Mim na escola. Essa equipe recebe treinamento de mais 1 dia de 6 horas aplicado pelo Assessor O Líder em Mim em um dia separado do treinamento de Implementação.

Como funciona?

gallery/arvore-habitos